ACRAL desiste da ação judicial contra o IKEA

ACRAL desiste da ação judicial contra o IKEA

19

A ACRAL informa hoje em comunicado, que retirou a ação judicial que tinha promovido contra o IKEA, decisão secundada pelas restantes associações empresariais do Algarve, envolvidas no mesmo processo.

Numa das primeiras medidas tomadas depois da tomada de posse, o novo presidente da ACRAL, Álvaro Viegas, reuniu com a administração do IKEA para pôr fim ao litígio existente entre as partes desde 2011.

Logo desde o início do processo de licenciamento do IKEA, a ACRAL e várias outras associações empresariais do Algarve tentaram impugnar judicialmente a implementação do projeto.

Agora, contudo, concluído o processo de licenciamento, “não faz sentido continuar a litigar com providências cautelares”, sustenta Álvaro Viegas.

Para o presidente da ACRAL, “o IKEA vai ser uma realidade, cabe-nos encontrar as melhores estratégias para transformar esta ameaça numa oportunidade: as câmaras municipais têm aqui uma boa oportunidade para, conjuntamente com a ACRAL, encontrarem soluções para atrair às suas cidades os muitos milhares de visitantes daquela área comercial”.

“O litígio entre o IKEA e as associações empresariais do Algarve está sanado graças à intervenção da ACRAL: saibamos todos, empresários, associações e autarquias, aproveitar este momento”, conclui Álvaro Viegas.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.