2º Festival das Camélias de Monchique o Jardim do Algarve

2ª Edição do Festival das Camélias de Monchique!

11

A 2ª Edição do Festival das Camélias de Monchique, acontece a 19, 20 e 21 de fevereiro, uma iniciativa da autarquia com o apoio da Associação Portuguesa das Camélias, uma edição que conta com participantes ilustres, para quem a Camélia tem um significado muito especial.

O Festival das Camélias, que promove o património natural e cultural do Concelho, pretende continuar a afirmar a camélia como elemento diferenciador no espaço territorial onde se insere.

Depois do sucesso da edição de 2014, Monchique continua a homenagear a beleza desta magnífica flor, que sobe a “palco” no Parque de S.Sebastião durante 3 dias, em mais uma edição do festival, que inclui, um vastíssimo programa de iniciativas, alusivas à Camélia, a flôr de Monchique.

A programação inclui, a Exposição e Concurso “Camélias em flor – encanto e beleza natural”, o Concerto na Igreja Matriz no primeiro dia do Festival, o Concurso de Fotografia “Camélias de Monchique”, a Rota das Camélias, as peças de Teatro Circo, da Molière Produções, o Concerto de Violino e de Harpa Céltica a encerrar o segundo e terceiro dia, o Mercado de Camélias, a Mostra de Artesanato, Workshops e Ações de plantação e a degustação da pastelaria regional, que se associa ao evento enquanto se delicia com um chá de camélia.

O Concurso de Fotografia, pretende dar a conhecer as variedades de camélias existentes no concelho, bem como sensibilizar os concorrentes para a beleza desta flor, com a Rota das Camélias é dado o mote para os participantes partirem à descoberta das camélias que vão conduzir os participantes por percursos exuberantes, tendo como cenário a fantástica serra de Monchique e as duas peças da Molière Produções, levam ao palco, “Os Reis das Camélias” e “À Descoberta das Camélias”.

Mas as surpresas não ficam por aqui. Para além dos expositores do concelho, que exibem os mais belos exemplares, o Festival das Camélias conta este ano com a participação especial da Casa Real Portuguesa e dos Parques de Sintra, que se estreiam neste evento a sul do Tejo.

São muitas as razões para visitar o Topo do Algarve, Monchique, o Jardim do Algarve.

Rui André, Presidente da edilidade de Monchique e “colecionador” desta planta, referindo aesta realização, diz que «…Este ano o Festival conta com mais um dia, num total de 3 dias dedicados a esta flor, sendo intenção da organização incluir uma dinâmica com a comunidade escolar e realçar, junto dos mais novos, este ícone representativo do concelho e da identidade local. Para além disso, temos uma aposta em momentos diferentes ao que estamos habituados em festivais desta natureza, como a apresentação de Teatro Circo, Concerto de Violino e Harpa Céltica, a doçaria, as exposições e workshops de trabalhos artesanais associados a esta Flor entre tantas outras iniciativas que são demonstrativas de uma aposta clara na consolidação do evento e da promoção das Camélias do nosso Jardim do Algarve, do Topo do Algarve, de Monchique! »




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.